Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

ARTE2007

a arte, não esgota no acto, vamos aproveitá-la.

ARTE2007

a arte, não esgota no acto, vamos aproveitá-la.

QUARENTENA #13

27.03.20 | arte2007 | comentar
Quero colocar todas as emoções nesta paisagem, vocês já perceberam. Trabalhei as grandes manchas cromáticas com pincel largo de pelo duro e espátula. Quero manter nuances da base, pelo que não preenchi completamente as áreas. É importante que as sucessivas (...)

QUARENTENA #12

25.03.20 | arte2007 | comentar
Aproveitei, é o que precisamos de fazer agora com recursos mais escassos, uma tela que pintei a óleo vai para uns anos e que resolvi repintar, agora a acrílico.   Passei naturalmente de gesso acrílico à espátula e posteriormente à trincha. Utilizei depois, tinta (...)

QUARENTENA #11

24.03.20 | arte2007 | comentar
  Depois do almoço, retomei o trabalho.  Observei atentamente o conjunto, avaliei cuidadosamente os pormenores, de forma a decidir o rumo... A videira velha, simbolo emocional de fertilidade. As uvas de mesa que chegavam cedo, ainda não havia uvas em lado nenhum já a (...)

QUARENTENA #10

23.03.20 | arte2007 | ver comentários (3)
Esta tarde, com base nos apontamentos de exterior, iniciei a execução do trabalho denominado «QUARENTENA RURAL #2». Utilizei algumas das ideias registadas, avaliei a sua colocação e como cidadão de Almalaguês, em tempo de crise, não esquecerei a Sra da Alegria. A (...)

QUARENTENA #9

23.03.20 | arte2007 | comentar
Concluidos os apontamentos de campo, as abordagens emocionais que me interessa registar, embora uma desses apontamentos o não tenha feito por já o ter aqui no atelier - a Sra da Alegria, regresso agora a mais uma manhã de atelier. Iniciarei agora uma abordagem cromatica (...)

QUARENTENA #8

22.03.20 | arte2007 | comentar
Abordar a «Quarentena Rural» é necessáriamente diferente. Como ficou claro, deixei no atelier a tela com a base preparada. Ela, espera-nos. Saí de casa, mochila às costa e cavalete comigo. Chapéu na cabeça e muita tranquilidade por aqui, por campos verdejantes onde (...)

QUARENTENA #7

21.03.20 | arte2007 | comentar
Iniciamos hoje, uma nova abordagem ao periodo de quarentena. Vamos trabalhar uma pintura em acrílico sobre tela, subordinada ao tema - «Quarentena Rural #1» Assim, cortamos do rolo a quantidade de tela necessária. (84x117 cm) , É preciso preparar a grade e esticar a tela. (...)

QUARENTENA #6

21.03.20 | arte2007 | comentar
Hora de parar Retirei as telas do cavalete e fui colocá-las lá, ao fundo do atelier, quase abandonadas ao seu futuro incerto.  Este é o tempo de refletir, este é o tempo de arejar, de sair, de sonhar, de rebentar as amarras e decidir. (...só que, estamos de (...)

QUARENTENA #5

20.03.20 | arte2007 | comentar
Neste quinto dia, decidi que o ambiente superior deveria abrir. Abrir no sentido da luminusidade, da dimensão espiritual se quizermos, da procura de um caminho, daesperança! A rua, deserta e escurecida, tem um elemento projetado no infinito, tem uma direção e um sentido. (...)

QUARENTENA #4

19.03.20 | arte2007 | ver comentários (3)
Estou no quarto dia de trabalho ativo neste quadro integrado no programa de quarentena e sob a temática «Quarentena». Hoje o meu trabalho residiu fundamentalmente na criação de zonas de maior e menor luminusidade. Trabalhei ainda a área exterior, de forma a (...)